domingo, 18 de dezembro de 2011

Fotopoema - Luzes da Cidade

                                   Sangue Novo, 2011

5 comentários:

  1. Bom saber que as luzes da cidade inspiram poetas.
    Belo poema.
    Israel Mendonça.

    ResponderExcluir
  2. Belo poema, André. O contraste das cores. Abraço.

    ResponderExcluir
  3. André, bom Natal pra ti.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Gostei! Seu poema expressa muito bem a falta de humanidade do ser humano e o apego as coisas fúteis.

    ResponderExcluir
  5. Simplesmente perfeito! Parabéns André.

    ResponderExcluir